Jornada de trabalho da escravidão

1829: São Paulo tem 30.189 escravizados trabalhando na lavoura. Eis o perfil deles:

* 68% – Homens e mulheres entre 15 e 54 anos;
* 68% – Jornada de até 12 horas por dia;
* Trabalham até 6 dias por semana;
* Plantam e colhem milho, feijão, açúcar etc;
* A maioria não tem fonte de renda.
* Moradia, alimentação, vestimenta são custeados pelo senhor.
Fonte: Luna; Klein. “Evolução da sociedade escravista…”. p. 185.

2019: São Paulo tem 30 mil entregadores ciclistas de app. Eis o perfil deles:

* 75% – Jovens entre 18 e 27 anos;
* 80% – Jornada de até 15 horas por dia;
* 57% – Trabalham até 7 dias por semana;
* 86% – Entrega de bike é a única fonte de renda;
* 30% – Pedalam mais de 50 km por dia;
* Valor médio por entrega: R$ 5,00;
* Salário médio mensal: R$ 936,00;
* Moradia, alimentação, vestimenta são custeados pelo entregador.
Fonte: Aliança bike

Os que defendiam a escravidão diziam: “pelo menos os escravos estão sendo civilizados”. No mundo contemporâneo, muitos dizem: “pelo menos os entregadores têm emprego”.

Por Luis Gustavo Reis via Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s