15 DICAS PARA QUEM VAI ÀS RUAS PROTESTAR

TUDO que você precisa saber sobre manifestação e tinha preguiça de procurar.

REPASSEM:

1. Dê seu apoio a quem se propôs a sair de casa e participar das manifestações

Mesmo não estando presente fisicamente nas manifestações você pode apoiar de outras formas. Quando a galera passar em frente a sua casa ou apartamento vá pra janela e apoie acenando ou apagando e acendendo as luzes. Todo apoio é importante!

2. Proteja os manifestantes

Separe alguns panos, leite magnésia diluído 50% em água (num borrifador) e garrafinhas de água, e converse com seu porteiro para abrigar gente fugindo dos protestos se a violência começar. PMs agrediram diversas pessoas tentando fugir da confusão, encurralados na porta de prédios em protestos anteriores – a  maioria presente não tem interesse em participar de violência. Proteja-os se puder.

3. Registre tudo que ouve e vê e compartilhe informações importantes

Mesmo de casa é possível registrar qualquer ato de violência ou abuso policial. Também é importante compartilhar esses abusos nas redes sociais. Além de compartilhar informações importantes para os manifestantes: pontos de apoio; contato de advogados ativistas, etc. Utilize as tags do evento – sua presença virtual é tão importante quanto sua presença física.

15 DICAS PARA QUEM VAI ÀS RUAS PROTESTAR

1. Esteja com sua identificação civil sempre. De preferência com duas identificações (pode ser a carteira de identidade e uma cópia autenticada da mesma), guardadas consigo, em lugares diferentes, pois se lhe tomarem uma identificação, você tem a outra. Tire uma foto da identidade e mande para um amigo. Levar consigo o comprovante de residência e de trabalho também ajuda muito.

2. Saia com contatos de pessoas para quem ligar em caso de emergência. Tenha duas cópias. Guarde-os junto com os documentos de identificação. Isso ajudará no caso de ficar ferido, desacordado ou necessitando de qualquer socorro. Bem como dificulta a possibilidade de policiais alegarem que não ligaram para alguém da sua família porque não sabiam os contatos.

3. Use roupas impermeáveis

Se você tiver casacos ou peças impermeáveis em casa, eles são perfeitos contra o famoso gás lacrimogêneo. O algodão absorve o gás e os químicos ficam em contato com a pele por mais tempo.

4. Tome Banho

Sim, vá para a manifestação bem limpinho. Isso porque a oleosidade da pele também ajuda a fixar o gás lacrimogêneo.

5. Não fotografe o rosto dos líderes manifestantes

Os organizadores do movimento pedem que fotógrafos e jornalistas não ajudem a polícia a identificar membros dos protestos. Essas pessoas, após identificadas, podem ser perseguidas ou presas injustamente.

6. Óculos de Natação

O óculos é barato – pode ser encontrado por R$ 20 ou R$ 30 em lojas de artigos esportivos – e protege os seus olhos do gás lacrimogêneo. Não use lentes de contato! Elas retêm o gás nos seus olhos e faz com que elas fiquem gelatinosas. ATENÇÃO: óculos de natação não é 100% se estiver velho!

7. Máscara de Pintor

Esta é mais uma opção barata para se proteger contra o gás lacrimogêneo. Bandanas e lenços também ajudam. Acrescente vinagre diluído em água e, se puder, leve um Cebion para colocar na boca.

8. Nunca esfregue os olhos!

Para desinfetá-los contra o gás, vire a cabeça lateralmente, jogue água corrente e deixe-a escorrer do olho para fora, em um olho de cada vez. Faça uma mistura diluída de 50% de Leite de Magnésia e 50% de água (corta o efeito dos gases) – rende muito se colocar num borrifador.

ATENÇÃO: pisque continuamente. Esse é o treinamento de militares. Piscar até chorar. O treinamento é segurar a respiração e piscar!

9. Sapatos confortáveis

Um ato pode durar várias horas de caminhada. Vá preparado.

10. Se você não for participar, evite a região onde o ato vai acontecer

Você não precisa ser contra nem a favor. Se não vai participar, o melhor é evitar a região do protesto. A população está saindo às ruas para reivindicar um direito básico. Não seja o chato que reclama porque chegou 2 horas mais tarde em casa

11. Registre os abusos

Diversos casos de violência e abusos só vieram à tona (em atos anteriores) porque haviam registros feitos por celulares e câmeras. Utilizem as armas que vocês têm para gravar todo tipo de violência e excessos.

ATENÇÃO: não esqueça de carregar a bateria do celular e de colocar créditos antes de sair de casa, pois ele é um aliado importante.

12. Ande em grupo

Vídeos postados nas redes sociais mostraram grupos de policiais espancando pessoas que estavam sozinhas em outros protestos. O melhor é estar sempre acompanhado por um grupo.

13. Seja pacífico.

Lute mas não recorra a violência. Se houver manifestações de violência, filme e reporte. Se afaste dos ambientes onde está acontecendo combate, depredações e conflito. Essas ações invalidam e deturpam o valor da manifestação. No lugar disso, leve seu cartaz e prepare  a voz pra gritar. Em caso de agressão policial com balas de borracha, deite no chão.

14. A polícia PODE te deter, por alguns minutos, para “averiguação”. Ou seja, para verificar se você está carregando bombas, armas, drogas, etc. A polícia NÃO PODE te prender para averiguação, te jogar em um camburão, e te levar para a delegacia.

Qualquer revista da polícia, em você ou em mochilas, DEVE SER FEITA NA PRESENÇA DE TODOS. A polícia NÃO PODE pegar a sua mochila e ir verificá-la longe dos olhos de todos.

ATENÇÃO: revista em mulheres só por policial feminina. Não podem tocar as partes íntimas em público.

15. Informe e esteja informado

Mantenha seu círculo de contatos atualizado do que está acontecendo com você, em caso de ser preso ou estar machucado, alguém pode ir ao seu encontro e te ajudar.

Faça download do PDF aqui e envie por WhatsApp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s